Até que enfim, estão confirmadas as minhas férias. É certo que demorou um pouco e elas acabaram saíndo numa época menos favorável ao caminho, mas tenho que pensar pelo lado positivo, e logo duas coisas me vêm a cabeça.

Primeiro, o caminho vai estar mais vazio, já que o auge de peregrinos acontece no período de Junho até Agosto. Nessa época os refúgios e albergues ficam cheios, e quanto mais cheios, mais complicada fica a vida das pessoas no ambiente. As vezes os albergues tem só um banheiro pra 30 ou 40 pessoas, imagine as condições de higiene? Melhor não imaginar.

Segundo, vai estar bem mais frio, o que eu prefiro. Caminhar 20 quilometros por dia com sol rachando e calor brabo não dá. No Outono espanhol eu posso pegar um pouco mais de chuva, mas em compensação a temperatura menor e o tempo mais fechado, com menos sol, favorece o peregrino. Só não pode nevar! Se nevar eu vou ter que me afastar da rota em vários trechos, indo pelas carreteras, o que diminui (um pouquinho) o brilho da experiência.

Vou fazer o meu caminho durante o mês de Outubro inteiro. Se tudo der certo eu vou estar chegando na Espanha no dia 1º de Outubro e só volto para o Brasil no dia 2 de Novembro. Tenho pouco mais de um mês pra me preparar totalmente e comprar os equipamentos e roupas que falta. Tempo de sobra!!

Agora vai, e só de pensar nisso já dá um frio na barriga. Não pelo fato de ir pra longe, num país diferente, mas por estar completamente sozinho, dependendo somente de mim mesmo para viver e sobreviver. Eu, minha mochila e minhas passadas, só!

Vai ser DEMAIS!