Quando comecei a pesquisar os equipamentos que teria que levar na viagem, o que mais me preocupou foi o saco de dormir. Não tenho esperiência com camping e nunca dormi num saco de dormir, ainda mais nesses tipo “mumia” que vão ficando estreitos pra baixo e parecem que vão deixar os pés presos, sem mexer. Só de me imaginar dormindo “preso” dentro de uma coisa dessas já me preocupou.

A primeira coisa que eu resolvi saber foi como escolher o modelo mais adequado. Lí que os modelos quadrados, mais tradicionais, são bons porque podem ser abertos formando uma expécie de cobertor ou manta. Eles também são um pouco mais confortáveis porque dão mais liberdade para a pessoa que vai dormir.

Já os modelos tipo múmia, ou sarcófago, são mais estreitos, deixam menos espaços livres, mas aquecem mais. Lendo relatos de pessoas que já fizeram o caminho cheguei a conclusão de que um saco desse tipo seria o mais recomendável para a viagem.

Depois de decidir o tipo de saco, eu tinha que saber exatamente o que significava aquelas faixas de temperatura. Pesquisando a norma européia EN 13537, as definições são:

Temperatura de Conforto – Temperatura na qual uma mulher padrão dormirá confortavelmente.

Temperatura Limite – Temperatura mais baixa na qual um homem padrão dormirá confortavelmente. Também referida como Temperatura de Transição.

Temperatura Extrema – A partir desta faixa de temperatura (faixa de risco), uma forte sensação de frio deve ser esperada. Existe risco de danos à saúde por hipotermia. A norma define como sendo a “temperatura onde uma mulher padrão, em condições de frio extremo, vai resistir apenas por um período de 6 horas. Para minimizar perda de calor no saco de dormir, ela está em posição fetal. A temperatura da pele está em 29 oC e o metabolismo basal ligeiramente aumentado por ela estar tremendo. Existe grande risco de hipotermia.”

Resumindo, nunca compre seu saco de dormir com base na Temperatura Extrema. Se você é mulher, use a Temperatura de Conforto e se você é homem, use a Temperatura Limite. É recomendado sempre deixar uma margem de erro, ou seja, veja sempre um saco cuja temperatura seja de 3 a 5 oC  maior do que você precisa.

Com essas informações coletadas, agora eu precisava saber exatamente qual clima enfrentaria lá na Espanha no período de Maio/Junho de 2011. Pelas pesquisas iniciais, a temperatura lá nessa época gira em torno de 24º e 5º, sendo 5º a noite. Colocando a margem de segurança, acho que um saco que tenha temperatura de transição entre 3 e 5 ºC está ótimo.

Saco de dormirAgora era correr pra loja e achar o modelo certo, e o eleito foi o Lafuma Trek 1000. Ele é feito de material sintético, bem leve e com alta capacidade de compactação. Pesa aproximadamente 1 quilo e tem capacidade térmica de +8 (Conforto), +3 (Transição) e -11 (Risco) ºC. Além disso, ele tem 2,15m de comprimento, o que é suficiente para mim. Outra característica importante é que ele tem bolso interno para objetos pessoais, o que é importante quando estamos viajando sozinhos e parando em albergues pelo caminho.

Além de tudo isso que eu citei, ele estava com desconto na loja que eu fui, então saiu de R$ 210,00 por R$ 168,00.  Mais um bom negócio na minha lista de compras.